Reconheça o que está diante de teus olhos

Uma das indagações que recebo com mais frequência acerca do conceito de Deus é a problemática Destino x Livre Arbítrio, compactada na seguinte afirmação: – “Se Deus é Onisciente e sabe o que vai acontecer, então eu não tenho real capacidade de escolha: – Tudo está determinado!”

Bom, eis que o vídeo abaixo – aparentemente sem qualquer relação com o assunto – ilustra precisamente a plena comunhão dos dois conceitos, de modo algum conflitantes. Note que mesmo antes da pessoa tomar a atitude, realizar a ação, por sua simples inclinação, por sua simples intenção, todo o trajeto do bilhar já está determinado, inclusive em suas consequências últimas. A medida que esta inclinação é modificada, muda-se o trajeto, muda-se a consequência última, mas ainda sim estes são plenamente conhecidos, antes mesmo de ocorrerem.

Por isso Jesus encerra o ensinamento quanto a Oração com o dito aparentemente contraditório: – “Pois D’us sabe do que precisam antes mesmo de pedirem.” Por suas inclinações atuais, por suas intenções atuais, conhece-se todo o caminho e suas ultimas consequências. A correção das inclinações (do modo de pensar, de sentir, de responder à impulsos) e das intenções já muda, de pronto, suas ações antes mesmo de realiza-las; uma simples mudança no pensar muda todo o caminho.

Jesus ensina: – “Reconheça o que está diante de seus olhos, e o que é oculto lhe será desvelado”

Isto parece por demais místico mas adianto que não. Pela semente, se conhece a árvore. Conhecendo a semente, você não precisa planta-la e esperar todo o processo de crescimento para saber que espécie de árvore brotará. Se plantou uma bananeira, nascerá uma bananeira, invariavelmente. Do mesmo modo, para o perspicaz – e aqui retorno ao vídeo – pela posição do jogador ao efetuar a tacada, sabe-se qual será o resultado; você não precisa esperar o desenrolar de toda a jogada para conhecer o resultado final.

Esta é a arte do “reconhecer o que está diante dos seus olhos” para que o “oculto venha a ser desvelado”. Quando você adquire esta capacidade, de apreender na Realidade a semente do que virá no Futuro, você participa da consciência transcendente de D’us.

Nostalgia Matrimonial

Como sinto falta da Mulher que nunca conheci!

“Que absurdo! Morte ao Miceli! Machista! Maldito! Nós queremos que a mulher tenha dupla jornada de trabalho! Em casa e na rua! Ou melhor, deixem as mulheres somente na rua! Servindo seus patrões e enriquecendo patrimônio de algum outro alguem que não o de sua Família!”

Como sinto falta da Mulher que nunca conheci!

“Ele insiste! Maldito! Prendam o Miceli! Chicoteiem-no! Queremos nossos filhos entregues a babás desconhecidas ou arremessados em creches como saco de batatas! Ou melhor, para que ter filho? Não queremos filho algum! Que a humanidade morra conosco!”

Como sinto falta da Mulher que nunca conheci!

“Seu Fascista desprezível! As mulheres estão muito bem sozinhas, mães solteiras, divorciadas, tendo de trabalhar em algum trabalho ordinário para pagar creche em tempo integral para o filho que não tem onde ficar! E há as mais livres ainda! Há as que não tem e nem querem ter filhos! A vida destas é só diversão! Nos fins de semana, vão para boates badaladas, bebem até cair e terminam a noite afogadas no proprio vômito!”

O Justo é o Pilar do Mundo

“Uma muçulmana foi expulsa de um comício da campanha presidencial de Donald Trump, após ter feito um protesto silencioso contra o pré-candidato republicano. Em evento realizado no estado da Carolina do Sul, Rose Hamid, aeromoça de 56 anos, usava um véu na cabeça e uma camisa verde com a frase: ‘Salam. Venho em paz'”

– Jornal o Globo, 09/01/2016

Vou te contar uma coisa…

Notem as vestes da senhora e do senhor, participantes do “protesto”. Observem o que eles usam preso à suas vestimentas: – A Estrela de Davi, no mesmo formato e cor que os Judeus foram obrigados a usar quando encaminhados para camaras de gás e para a morte certa à epoca da Segunda Guerra Mundial, na Alemanha.

Por isso eu digo: – Os muçulmanos não cansam de me estarrecer.

“Mas Miceli, a situação é a mesma! Este canditado (Donald Trump) está execrando os pobres Muçulmanos como Hitler fez com os Judeus!”

Pera lá!

Não consta que os “imigrantes” Judeus na Alemanhã fossem ilegais, tendo entrado sem autorização no país e ainda filiando-se a programas do governo para receber subsidios e toda especie de regalias. Pelo contrário! Muito deles eram empreendedores e geravam empregos e riquezas para a Alemanha. (Como sempre fazem, alias, por todo lugar por onde passam)

“Ah, e você acha que eles são tão prosperos porque? Aí tem coisa!”

Filho, aprenda o seguinte: – O Justo é o pilar do Mundo.
Se não fosse pelo homem correto e reto, este globo já teria ido pelos ares a muito tempo.

Não quero com isso dizer que todo judeu é santo. Na verdade, há centenas, milhares de Judeus que não prestam. Assim como há centenas, milhares de brasileiros que não prestam. Assim como há centenas, milhares de Americanos que não prestam, etc., etc.

Mas o fato dos Judeus serem estritamente comprometidos com valores milenares que carregam não só de boca como também na prática diária, faz com que a grande maioria seja reta, correta e portanto prospera (o que, alias, causa uma dor de cotovelo desgraçada)

Então você não pode comparar imigrantes que vem para construir com imigrantes que vem para destruir. A perseguição de Hitler foi criminosa, de um antisemitismo gratuito. Trump só pretende fazer o justo e obvio: – Só entra no país quem tiver a devida autorização e registro, não hordas de desconhecidos (como aqueles que invadem a Europa e já mostram a que vieram; sistema caótico que Barack Obama, aliás, também pretende implementar)

Ademais, tem a questão principal e fundamental: – Você não vê Budistas, Hindus, Cristão e Judeus armando-se ferrenhamente e explodindo-se em praças publicas. Dificilmente acontecerá de você estar em uma boate em Paris com amigos e ser fuzilado repentinamente por um Hare-krishna.

Os muçulmanos gozam da fama que orgulhosamente alimentam.

Como se não bastasse, há este ato de zombaria para com os judeus. Se esta senhora e este senhor muçulmanos, usando a Estrela de Davi no peito como deboche, estivessem a caminho de uma camara de gás, duvido muito que estariam ostentando este sorriso cínico nos lábios.

Página 171, texto número 24

– Alunos, abram na página 171. (Som de livros sendo abertos e páginas sendo folheadas) – Este é nosso texto número 24. (Ajeita o óculos e continua) – Nele aprenderemos que todos nós estamos livres para optar pelo nosso Gênero, e veremos também a importância de reconhecermos a Igualdade entre Gêneros: – Não há diferença substancial entre Gêneros, isto é apenas uma construção social.
– Professor!
– Sim, Joãozinho.
– Se não há uma diferença real entre Gêneros, como eu poderia optar entre eles? Como eu poderia reconhece-los?
– Vamos continuar…
– Mas professor, o senhor não me respondeu!
– Cale esta boca!
– …
– Como eu ia dizendo…
– Professor!
– O que foi? (impaciente) Digo, (melífluo) Fale, Pedrinho…
– Meninos tem pênis e Meninas tem vagina!
– Ora, Pedrinho, esse é o seu sexo! Não é o seu gênero! Você faz confusão porque é muito novinho. (rindo, doce. E explica) Mas, veja: – O gênero não pode ser visto no seu exterior, não pode ser percebido no seu corpo. Ele é algo que você sente; sente dentro de você! O que você sente?
– Sinto fome!
– …
– Professor!
– Mas será possível! O que é?!
– Não é uma pergunta, é um pedido! (diz o menino Apolônio, suplicante) Eu quero estudar Matemática! Eu quero aprender a fazer contas! Eu quero estudar Português! Eu quero aprender a falar e escrever corretamente!
– Mas que Diabo! Não vai aprender Matemática! E não vai Aprender Português! Aprenda isso aqui: (berra) “Os Golfinhos e os peixes palhaços podem variar de sexo e.”
– Professor!
– Ahhhhhhh!!! (insano)
– Eu estou entendendo!
– (Surpreso; num fio de esperança) Até que enfim! Um aluno pensante nesta bendita sala! Diga lá, Richarlison; fale para esses seus amigos bobos o que você aprendeu…
– Se alguns animais apresentam esta característica, é porque é natural, e é porque é legal! Afinal, todos nós gostamos de animais, não é mesmo? Eles são tão divertidos!
– Isso mesmo! (empolgado)
– Mas veja só: – O meu cachorro come cocô. Eu devo comer também?
– …

“Eu acredito que posso voar”

Ano de 2016, em algum campus Universitário Alemão…

– Amigas, eu aprendi na escola e na faculdade que, na verdade, não existem fronteiras entre as pessoas. E sabe porque? Porque não há diferença entre pessoas; elas são todas, todas iguais! Não há diferença de consciência e dignidade entre uma Coreia do Norte e uma Coreia do Sul, por exemplo. A fronteira – vejam – a fronteira ali é “Politica”, apenas. É arbitrária! Nada mais! Não é uma fronteira real! Veja só; – olhando do Espaço, ela não existe!

– Você já esteve no “Espaço”, alemã Anita?

– Não, alemã Valesca, mas a gente sabe né! Tem imagens que os astronautas fazem… Mas o que isso tem a ver?

– A gente não vive no Espaço, alemã Anita. E, bem, aqui embaixo, as pessoas são um pouco diferentes sim. Pensam diferente, agem diferente. Na maior parte das vezes isso não acarreta problemas maiores, desde que respeitem certas Leis e Normas superiores, maiores mesmo que seus caprichos subjetivos individuais. Mas quando estas Leis e normas são violadas, enfrentamos problemas!

– Deixe de besteiras, Valesca! Leis e Normas? Você está parecendo uma Fascista louca! O mundo é livre! As pessoas são livres! Todas se amam e pronto! Que parem de nos amarrar! Eu acredito que posso voar! Eu acredito!

– …

– Venham: – Façamos um cartaz bem grande! Peguemos canetinhas e pintemos o mundo novo! Um mundo sem fronteiras, sem “discriminações”, ondem todos nós sejamos como Um só!

– …

– Vamos começar pelo nosso proprio país! Vamos aqui receber indiscriminadamente imigrantes em profusão. Que tal muçulmanos? Eles tem uma cultura bem diferente! Será divertido!


Suddenly..
.Eu acredito que posso voar

“O que é Brasil?”

“Em homenagem realizada todos os anos, crianças Italianas cantam a ‘Canção do Experdicionário’ em comemoração à libertação dessa região italiana da dominação Nazista pela Força Expedicionária Brasileira (FEB), e isto cantando em Português.”

Agora veja só; – crianças Italianas – que tem aulas reais de Historia, não distorcidas ideologicamente como por aqui – são ensinadas a honrar os benfeitores de sua Pátria; aqueles que, de alguma forma e em algum momento, contribuiram para que a Italia superasse capitulos negros de seu persurso. E isto, para quem não sabe, inclue gratidão ao Exército Brasileiro (quando este ainda honrava a farda), mais precisamente a Força Expedicionária Brasileira (FEB)

Então estão lá os Italianinhos cantando a “Canção do expedicionário”, música composta por Spartaco Rossi e letra de Guilherme de Almeida.

“Miceli, quem é Spartaco Rossi? Quem é Guiherme de Almeida? O que é a Canção do Experidicionario? O que é FEB? O que é Brasil? Onde eu estou? Como vim parar aqui? O que está acontecendo?”

A espécie do Governo Brasileiro

“Condenado por planejar atentados terroristas na França, Adlène Hicheur hoje vive como professor Universitário no Brasil (Universidade Federal do Rio de Janeiro) para onde veio com bolsa do Governo Brasileiro. Ele é investigado pela Policia Federal.”

– Revista Época, 08/01/2016

É, meus amigos. Quem lembra do Fernandinho Beira Mar (proeminente traficante carioca) dizendo em juízo que comprava armamento para suas facções de grupos terroristas do Líbano? E quem lembra de Hugo Chavez, então presidente da Venezuela, dizendo em entrevista que foi apresentado ao então líder das FARC (Forças Armadas Revolucionarias da Colombia) Raul Reyes, por Luis Inácio Lula da Silva, em uma das reuniões do Foro se São Paulo? Reuniões estas que contavam também com a participação do MIR (Movimiento de Izquierda Revolucionaria) chileno.

E quem lembra de Cesare Batiste, membro dos “Proletários Armados pelo Comunismo” Italiano, que, assim como o senhor desta matéria abaixo, foi acolhido com honrarias e protegido pelo Governo Brasileiro?

Hamas, Hezbollah, FARC, MIR, estes são os aliados atuais do Brasil. Dizem que bandido apoia bandido, marginal apoia marginal, criminoso apoia criminoso e terrorista apoia terrorista. Alguma duvida sobre a que espécie o Governo Brasileiro pertence?