Conceitos e pré-conceitos

Longe de mim ser o advogado do diabo…

(Demo Danado) – Até por que, fui criado para isso.
– Sim.

Mas vejam vocês: Deixados a si mesmos, em suas “reservas de proteção”, indígenas vivem praticamente da mesma forma que viviam 500 anos atrás. Aqueles que não foram expostos ao “contato”, parecem não demosntrar nenhuma preocupação com conceitos como “desenvolvimento” e “produção”; o que não é bom nem ruim, apenas uma caracteristica; uma opção. Repito: as tribos isoladas, vivem da mesma forma há 500 anos.

Tendo em vista este cenário, um sujeito que os caracteriza-se como “indolentes”, estaria fazendo uma provocação, sendo “racista”, ou apenas estaria descrevendo uma situação tal como ela se apresenta? Dizer que o indigena “trabalha apenas para sobrevivência e nada mais”, é uma afronta, ou um dado da Realidade? É um “pré-conceito”, ou um conceito formado pela experiência? Reflexões…

(Demo Danado) – Claramente é um discurso fascista, racista e intolerante…

Inquisição progressista

Há quem diga que a decisão do Facebook de derrubar (simultaneamente) centenas de páginas conservadoras no Brasil tenha sido um “ato isolado”, de “políticas internas de uma empresa privada”, e sendo a empresa privada, ela poderia fazer o que quiser (como se não existisse algo como respeito aos termos de contrato com o qual usuário e empresa concordam garantindo a liberdade de expressão) Pois bem. Para quem achava que a caça ao conservadorismo era apenas uma “iniciativa individual” de Mark Zuckerberg, vejam o caso da (talvez) maior e mais popular plataforma conservadora dos Estados Unidos da América – A “Info Wars” Seu material foi BANIDO de TODAS as plataformas que usava, tais como: Facebook, Apple, Youtube, Spotify, etc., etc. Todas as contas foram canceladas no MESMO DIA, no intervalo de 12 horas. Não é estranha esta simultaneidade de “Iniciativas individuais” dessas empresas de comunicação? E quanto à motivação? Sempre a mesma… “Discurso de ódio” (Sim, o rótulo que partidos esquerdistas/progressistas usam para calar e difamar adversários)

Já foi dito e redito mas é importante repisar: A Mídia progressista enxergou na vitória de Donald J. Trump uma grande derrota “pessoal”: viu que as redes sociais têm um poder muito maior na formação de opinião do que a chamada “mainstream media” ou ” mídia oficial” (Canais abertos e fechados, revistas, jornais de grande circulação, etc., etc.) A Espiral de silêncio (ignorando assuntos inconvenientes ou pessoas discordantes) e controle de discurso que faziam nos meios “Oficiais” estavam sendo expostos por fontes de informação independentes, muito mais fiéis ao mundo real e à verdade do que o mundo fabricado de faz de contas que querem nos fazer engolir. As Redes Sociais deram voz ao Conservadorismo, expulso do meio acadêmico e jornalístico por uma ocupação de espaço que os Esquerdos iniciaram há mais de 50 anos. Bastou este pequeno sopro de liberdade para a eleição de Donald J. Trump nos EUA; acontecimentos como o BREXIT no Reino Unido, e o reaparecimento de uma Direita no Brasil. Vendo sua Hegemonia TOTAL e COMPLETA ser ameaçada pela liberdade na Internet, e que esta ameaça não era apenas virtual mas Real, os Esquerdos resolveram abrir a temporada de caça às Bruxas, caçando todos os grandes influenciadores conservadores um a um. Não é preciso ser religioso para promover uma Inquisição, meus amigos… Nós, os hereges do politicamente correto, estamos sendo lançados ao fogo…

Monstros etéreis

A maior criação dos Esquerdos foram os monstros etéreis “Sistema” e “Sociedade”. Falemos por ora do tal “Sistema” Querem fazer você acreditar que o “Sistema” é corrupto, não importando quem você eleja para preenchê-lo. Querem que você acredite que a democracia e seu voto são inúteis. Na verdade, vejam o exemplo dos Estados Unidos da América: Durante 8 anos sob o Governo de Barack Hussain Obama, o país afundou economicamente com o inchaço da máquina pública e fuga de capital para o estrangeiro. Eleito, Donald J. Trump – NO MESMO SISTEMA – desfez muitas das asneiras de seu antecessor e devolveu a América aos trilhos da Ordem e prosperidade. Mesmo sistema, pessoas diferentes.

“Sistemas”, meus amigos, são apenas organizações inanimadas. Todos terão suas vantagens e desvantagens. São PESSOAS que realmente tomam decisões, que assinam documentos, e que portanto fazem bom ou mau uso de seu funcionamento. Quando você vê aqueles artistas descolados dizendo que “não discutem política”, são “apolíticos” e “não querem se envolver neste meio corrupto”, o que eles querem na verdade é que VOCÊ fique fora da disputa, VOCÊ fique fora da discussão, VOCÊ se desinteresse, enquanto muito provavelmente ele é filiado a um partido político ou recebe um bom “incentivo cultural” para militar por tal ou qual ideologia. Não perca sua vida “lutando contra o Sistema” – é uma nuvem de fumaça para te manter distraído. Levante-se e dispute cargos com PESSOAS

Cabeças não tripuladas

Então “grupos terroristas” de “ultra-direita” americana e colombiana juntaram-se para promover um atentado contra Nicolas Maduro, presidente da Venezuela. Ao menos, é o que ele diz… É claro que a primeira coisa que me vem á cabeça é: O que faria um americano sair do país mais prospero do mundo para cometer atentados num buraco como a Venezuela? Mas Nicolas Maduro garantiu que “As investigações foram feitas em tempo recorde” e que “o atentado com Drones foi confirmado”. Disse ainda que “terroristas” foram presos… Apesar de o atentado ter sido feito por Drones não tripulados (?)

Enfim, o curioso é que a Venezuela não dispõe sequer de comida para dar a seus cidadãos; não possui sequer papel higiênico para assessorá-los em momentos de “emergência” No entanto, desvendou um “atentado” de magnitude internacional em poucos minutos, coisa que nem a mundialmente aclamada Scotland Yard consegue fazer. Bombeiros que estavam no local afirmam que as explosões ouvidas aconteceram quadras de distância de onde Nicolas Maduro estava; que foram causadas por um tanque de gás posto dentro de um apartamento. Mas é claro que nada disso vem ao caso: Um drone não tripulado teve seus tripulantes apreendidos (?) e um grande atentado internacional da Ultra-Direita contra o Supremo Líder Socialista Bolivariano foi desarticulado. A Esquerda é a produtora de Fake News por excelência, meus amigos…

DNA Totalitário

Quando dizemos que partidos de Esquerda como o PT nada tem a ver com Estado Democrático de Direito, muitos julgam ser um “exagero” Pois bem. A escolha de um condenado em segunda instância (Lula) como candidato à presidência, mesmo com a existência de uma LEI que os impeça de fazê-lo, mostra que eles não estão nem um pouco preocupados em cumprir a Lei ou algo que o valha. Ademais, confirma que toda aquela estória de “ética”, “honestidade” e “transparência” na política não era nada mais do que ladainha cínica para conquistar ingênuos e arma política para derrubar opositores. A Lei da Ficha Limpa não conseguiu impedir o registro da candidatura mais suja da História.

Estudando História

Estão dizendo por aí que Jair Bolsonaro ou até mesmo “a Direita” em geral nega fatos Históricos como a Escravidão e a Ditadura Militar. Isto não é verdade e deixem-me explicar:

Não se diz que “não houve ditadura militar”, mas sim que o cognome “Golpe Militar” é inadequado, pois o movimento de Impeachment de João Goulart foi feito pelo legislativo com amplo apoio popular, e daí seguiram-se eleições. Ademais, ignora-se o contexto Histórico, com grupos de guerrilha comunista querendo impor no Brasil o modelo que havia em Cuba. José Dirceu confessou abertamente ter treinado em Cuba; Ancelmo Gois (hoje jornalista) disse abertamente ter treinado na KGB (serviço secreto da União Soviética) de modo que a Ditadura brasileira lutava contra grupos politicos organizados e armados, e não meros “estudantes” Notem que em 2016 houve um processo de Impeachment de acordo com a Constituição, e a Esquerda nacional já produziu livros “históricos” com o nome de “Golpe de 2016” Obviamente, um embuste.

De igual modo, não se nega a escravidão. Diz-se apenas que a escravidão ocorrida no Ocidente não foi a única que deu-se no mundo. Em todas as épocas e em todos os continentes povos inteiros escravizaram e foram escravizados; tribos africanas e indigenas escravizavam tribos derrotadas; e sim, foram tribos Africanas que venderam seus Escravos aos compradores Europeus. Também ignora-se a IMENSA escravidão que árabes muçulmanos impuseram sobre Africa, inclusive com requintes de crueldade como castração de Homens. Só se fala dos Europeus. Por quê? Se fossemos contabilizar “divida historica” por escravidão, todos os povos estariam quites, pois o dominio do vencedor sobre o vencido se dá desde tempos imemoriais. (Judeus foram escravizados por Egipcios – e portanto, Africanos – mais de 2000 anos antes de Cristo)