Ética Kantiana

Eu realmente espero que a fala de um Ministro do Supremo Tribunal Federal em palestra tenha sido, de algum modo, editada ou distorcida, pois em vídeo ele diz o seguinte: “Sou movido por uma ética Kantiana.. Se a sua vida depende do sacrifício da minha liberdade individual, e eu não quero sacrificar a minha liberdade individual, você perde” Vocês entendem? Se um sujeito quer ter a “liberdade individual” de te dar um tiro na nuca, e você – sabe-se lá por quê – queira viver, você perde. Se Adolf Hitler quer ter a “liberdade individual” de exterminar 6 milhões de judeus, mas os judeus – por algum motivo – queiram viver, os judeus perdem. Se uma mulher que engravidou por livre e espontânea vontade decidir que um filho no momento “sacrificaria sua liberdade individual”, mas a criança quer viver, a criança perde (e foi nesse sentido que ele usou sua “ética Kantiana” – numa palestra sobre aborto)

É por isso que os libertários acabam andando de mãos dadas com Socialistas e Comunistas, meus amigos. A liberdade TOTAL é Totalitarismo. Não há como fazer tudo o que se quer sem atropelar a liberdade alheia no meio do caminho. Para um Ministro dizer isso em público, ou ele é extremamente burro e não entende a implicação do que diz, ou é extremamente insolente e petulante; achando-se acima do bem e do mal. As duas opções são ruins para nós.

Conceitos e pré-conceitos

Longe de mim ser o advogado do diabo…

(Demo Danado) – Até por que, fui criado para isso.
– Sim.

Mas vejam vocês: Deixados a si mesmos, em suas “reservas de proteção”, indígenas vivem praticamente da mesma forma que viviam 500 anos atrás. Aqueles que não foram expostos ao “contato”, parecem não demosntrar nenhuma preocupação com conceitos como “desenvolvimento” e “produção”; o que não é bom nem ruim, apenas uma caracteristica; uma opção. Repito: as tribos isoladas, vivem da mesma forma há 500 anos.

Tendo em vista este cenário, um sujeito que os caracteriza-se como “indolentes”, estaria fazendo uma provocação, sendo “racista”, ou apenas estaria descrevendo uma situação tal como ela se apresenta? Dizer que o indigena “trabalha apenas para sobrevivência e nada mais”, é uma afronta, ou um dado da Realidade? É um “pré-conceito”, ou um conceito formado pela experiência? Reflexões…

(Demo Danado) – Claramente é um discurso fascista, racista e intolerante…

Monstros etéreis

A maior criação dos Esquerdos foram os monstros etéreis “Sistema” e “Sociedade”. Falemos por ora do tal “Sistema” Querem fazer você acreditar que o “Sistema” é corrupto, não importando quem você eleja para preenchê-lo. Querem que você acredite que a democracia e seu voto são inúteis. Na verdade, vejam o exemplo dos Estados Unidos da América: Durante 8 anos sob o Governo de Barack Hussain Obama, o país afundou economicamente com o inchaço da máquina pública e fuga de capital para o estrangeiro. Eleito, Donald J. Trump – NO MESMO SISTEMA – desfez muitas das asneiras de seu antecessor e devolveu a América aos trilhos da Ordem e prosperidade. Mesmo sistema, pessoas diferentes.

“Sistemas”, meus amigos, são apenas organizações inanimadas. Todos terão suas vantagens e desvantagens. São PESSOAS que realmente tomam decisões, que assinam documentos, e que portanto fazem bom ou mau uso de seu funcionamento. Quando você vê aqueles artistas descolados dizendo que “não discutem política”, são “apolíticos” e “não querem se envolver neste meio corrupto”, o que eles querem na verdade é que VOCÊ fique fora da disputa, VOCÊ fique fora da discussão, VOCÊ se desinteresse, enquanto muito provavelmente ele é filiado a um partido político ou recebe um bom “incentivo cultural” para militar por tal ou qual ideologia. Não perca sua vida “lutando contra o Sistema” – é uma nuvem de fumaça para te manter distraído. Levante-se e dispute cargos com PESSOAS

Anti-Cristo

Os ateistas/materialistas querem um Jesus socialista, revolucionário. Os militantes pela divida historica racial querem um Jesus negro, afrodescendente (embora fosse semita; hebreu), os militantes LGBT querem um Jesus Gay e travesti. Todos buscam no Cristo um espelho, quando na verdade deveriam buscar um modelo. Suas primeiras palavras em pregação foram “Mudem sua maneira de pensar” (μετανοεῖν) e não “Continuem fazendo as mesmas coisas” Se vocês querem apenas justificativas para fazer o que sempre fizeram, Cristo não serve como referência. A menos que a referência seja o inverso de Cristo, um Cristo ao contrário, um “anti-Cristo” – aí, sim, me parece que estão no caminho certo.

Viseira vermelha

Manuela D’Àvila diz que todos os professores de História são esquerdistas porque… “estudaram História” E ri, como se isto fosse auto-explicativo. Como se um campo de estudos não tivesse varias fontes; como se não houvesse varias abordagens e mentalidades; como se não houvesse autores progressistas, tradicionalistas, liberais, conservadores… Como se nossas faculdades não estivessem impregnadas de uma corrente só de pensamento: O Marxismo. Onze entre Dez autores estudados em nossas faculdades são Marxistas.

Daí vemos que professores de Historia não são de Esquerda por terem estudado HIstoria, mas sim por terem aprendido a olhar para HIstoria unica e exclusivamente pelo viés Esquerdista, sem nenhum acesso ao contraditório, sob o risco, inclusive, de serem relegados ao ostracismo caso buscassem alguma outra fonte por iniciativa própria. Há várias formas de se intepretar eventos HIstoricos, e o Marxismo é apenas uma destas abordagens. Infelizmente, no Brasil, é a única.

Virtude genuína

Ser ingênuo não é ser bom. Assim como ser fraco não é ser pacífico. Ser bom tendo a malícia para ser ruim e ser ordeiro podendo ser agressivo é que se caracterizam como virtude. Grande parte das pessoas “boas” que conhecemos só o são por falta de opção; tendo poder para serem ruins e pisar nos outros, pisarão. Daí dizerem que o dinheiro (ou o poder intimamente ligado a ele) “muda” a pessoa. Na verdade dinheiro não muda ninguém, só faz aflorar aquilo que já estava latente, desde sempre.