Diante dos seus olhos

É impossível para nós voltarmos 500 anos atrás, ou mais, para provar que a escravidão existiu entre todos os povos do mundo como despojo de guerra, independentemente de questões étnicas ou raciais. A escravidão era NORMA, não exceção (exceção POSITIVA foi o Ocidente, que deu início ao fim desta prática torpe, e curiosamente, é tratado como grande algoz no assunto) Mas já que é impossível viajar no tempo, vamos enxergar o que está diante de nossos olhos. Vejam, por exemplo, o caso da Guiné Equatorial, na África, e seu soberano supremo Teodoro Obiang Nguema Basong. O sujeito está no poder há QUARENTA ANOS, e é o OITAVO GOVERNANTE MAIS RICO DO MUNDO, muito embora a população da Guiné Equatorial viva na mais completa miséria. Teodoro Obiang, ele mesmo, negro, escraviza seus compatriotas, também negros, obrigando-os inclusive a se AJOELHAREM quando ele passa e a cantarem louvores, como se ele fosse um Deus. De fato, em 2003 ele decretou oficialmente “estar em constante contato com Deus, podendo MATAR qualquer um sem prestar satisfações a ninguém” Então, meus amigos, já que muitos acham que a leitura da História é sempre “ideológica”; que a seleção dos fatos e o modo de se contar manipulam a verdade, não acreditem em Historiadores, OLHEM PARA O QUE ESTÁ DIANTE DOS SEUS OLHOS. A escravidão AINDA existe no mundo, e NADA tem a ver com questões étnicas ou raciais.

Nota: Dirão que no Ocidente, houve, sim, esta justificação da escravidão baseando-se numa suposta (e absurda) inferioridade dos negros. Mas a verdade é que esta foi uma ultima tentativa desesperada de manter esta instituição já falida no Ocidente. Lembrem-se: no resto do mundo a escravidão NÃO PRECISAVA SER JUSTIFICADA PORQUE ERA NORMAL. Só no Ocidente pensadores livres começaram a condenar esta prática; ideias abolicionistas pululavam com vigor, e este subterfúgio estapafúrdio e covarde de relacionar escravidão com raça foi a forma que fazendeiros do sul dos EUA usaram para tentar argumentar a manutenção da escravatura cara a eles por motivos econômicos. Como todos sabem, a “justificativa” por absurda não funcionou, e O OCIDENTE LIBERTOU O MUNDO DA ESCRAVIDÃO.

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s