Loucura, loucura, loucura

Cansada de ter seu partido injustamente comparado ao Estado islãmico, Marine Le Pen, líder da Direita Francesa, resolveu publicar algumas das atrocidades deste grupo terrorista para mostrar aos incautos do que realmente se trata. Degolações, queimas de corpos vivos, etc., etc. – toda espécie de barbárie. Resultado? Marine Le Pen foi PROCESSADA com risco de PRISÃO, e ainda terá de se submeter a TESTES PSIQUIÁTRICOS.

Vocês entendem? Primeiro ela é difamada e injustamente comparada com grupos radicais homicidas. Depois, é presa por somente denunciar o que estes grupos fazem (isto enquanto imigrantes ousam tremular bandeiras do Estado Islãmico em território francês, sem que nada aconteça) Todo aquele que de alguma forma se oponha à imigração desordenada e ao extremismo islãmico vem sendo amordaçado na Europa, mas não deixa de ser uma surpresa que uma líder influente esteja sendo ameaçada de prisão e tratada como louca por simplesmente comunicar uma verdade.

É claro que sempre existem pretextos para instrumentalizar o Estado contra denuncias inconvenientes, e no caso de Marine, alegou-se que as imagens por ela veiculadas “prejudicam seriamente a dignidade humana”. Ou seja, o Estado Islãmico mata, degola, põe fogo. Marine Le Pen denuncia o Estado Islãmico. É considerada louca e vai para prisão.

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s