Fora da curva vermelha

O que botaram na comida e Dias Toffoli? Aliado fiel do PT por ter sido apadrinhado por Luis Inácio Lula da Silva, Toffoli tem tido atitudes e declarações fora da curva vermelha. Foi ele que vetou a entrevista de Lula à Folha de São Paulo, às vésperas da eleição – entrevista esta que poderia ter algum impacto na corrida eleitoral. Foi ele que “corrigiu” a nomenclatura: “Golpe de 64” para “Movimento de 64”, contrariando toda retórica Esquerdista dos últimos 50 anos. Para completar, num discurso recente, Toffoli disse que o Brasil precisa evitar retrocessos, e proteger a democracia contra regimes totalitários como o Fascismo, o Nazismo – e pasmem – O COMUNISMO. Até então apenas o Fascismo era tido como grande bicho papão, atribuído (erroneamente) à Direita, enquanto os horrores do Comunismo e sua ameaça constante eram criminosamente ocultados. Eu não esperava que um Presidente do Supremo Tribunal federal alertasse para este mal; quanto mais um presidente indicado pelo expoente máximo do socialismo/comunismo na America Latina (Lula) Estaria Dias Toffoli mudando de lado, adaptando-se a maré conservadora e traindo seu padrinho político? Ou está apenas fazendo uma média – jogando para torcida majoritária do momento, mas manterá as decisões favoráveis à Esquerda no essencial? Vamos ver…

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s