Filosofia da inveja

“Igualdade” não é um bem em si mesmo, meus amigos. Se você vive num lugar em que ganha 3 mil por mês, e seu vizinho ganha 10 mil, você está num contexto extremamente “desigual”; não obstante, próspero. Num cenário em que você ganhe 100 e seu vizinho 100, você está num contexto extremamente “igualitário”, e no entanto, estão os dois miseráveis. É por isso que pessoas de países miseráveis preferem ser pobres em países ricos do que pobres em seus respectivos países. O “pobre” de Cingapura, por exemplo, é o classe média alta brasileiro. Vocês entendem? O sujeito que lava privada nos EUA, ganha razoavelmente bem em moeda forte, o que faz ele sustentar sua família no Brasil e ainda guardar algum dinheiro.

Portanto, e daí que seu vizinho ganha 10, 20, 50 mil por mês, enquanto você ganha “apenas” 5 mil? Seria melhor nivelar todos por baixo, arbitrariamente, para que todos vivam com 100 de forma “igualitária”? O pior é que há pessoas tão espírito de porco que está arriscado responderem que “sim”; “se eu não posso ter tudo que o outro tem, que ele também não tenha” E é por essas e outras que chamam o Socialismo de “Filosofia da Inveja”.

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s