Inversão doente

Tive o desprazer de assistir à audiência de custódia do sujeito que esfaqueou o candidato à presidência Jair Bolsonaro. Enquanto o presidenciável está há sete dias indo e vindo da mesa cirúrgica, sofrendo dores escruciantes, fazendo uso de medicações pesadas e tendo sua vida interrompida; ameaçada de morte, o assassino tem o seguinte tratamento por parte do juiz: “O SENHOR poderia me dizer como foi efetuada sua prisão? Sofreu agressão? Sofreu abusos? Foi bem tratado? Como é a instalação em que o SENHOR está encarcerado? São boas as condições? Sofre ameaças? O SENHOR vê necessidade de uma mudança de local?”

E o pior… este é o EXATO MODELO do tratamento que se dá a todos os meliantes criminosos no Brasil. Furtam, roubam, estupram, matam; destroem famílias inteiras. Quando são presos (o que já é raro), são tratados como bibelôs. Eles podem estourar a cabeça de um policial com uma arma calibre 12, mas quando presos, não podem sequer ser pegos muito forte pelo braço. As algemas tem de estar frouxas. E o desjejum? “O SENHOR já fez o seu desjejum?” Eu não teria estômago para ser policial num país como esse… e não tenho estômago para ver esse tratamento dispensado ao que há de escória no mundo. Um cidadão que trabalha e paga seus impostos passa mal e é tratado como BICHO em UPAS e Hospitais públicos. Um assassino pego em flagrante tem tratamento de REI, com direito a “SENHOR” pra lá e “SENHOR” pra cá, onde os investigados vistos como culpados em potencial são os policiais que o prenderam, numa inversão doente. No Brasil, “cumprir a Constituição” e “fazer justiça” é eximir o criminoso e culpar a vítima.

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s