Os bárbaros comemoram

Por incrível que pareça (para os sãos), há quem esteja comemorando o incêndio da mais antiga instituição científica do Brasil e um dos maiores museus de história natural e de antropologia das Américas. Motivo? “Justiça Histórica”. O palácio, que serviu de residência para Família Real Portuguesa, seria uma “lembrança constante de tempos nefastos de escravidão e opressão do povo brasileiro” Falta estes sujeitos entenderem que sem Familia Real Portuguesa por estas bandas, não haveria Brasil, e não haveria “povo brasileiro”. Não haveria sequer civilização nestas terras. Provavelmente, essas mesmas pessoas que escrevem estas asneiras não teriam sequer sido apresentadas à escrita. Estariam nus, no meio do mato, sendo devorados por insetos, tendo que caçar para comer – isto se não comendo uns aos outros. Este é o nivel que estas pessoas estariam, não fosse a PROVIDENCIAL intervenção dos Europeus, a qual teríamos de AGRADECER. Mas é como diz o ditado popular: Ingratidão é uma m#rd@.

(Demo Danado) – Você é bobo? Ficar nu no meio do mato, balbuciando, fumando ervas, comendo uns aos outros, é tudo o que este pessoal quer… Sem trocadilhos, é claro.

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s