O fetiche da Lei

Longe de mim “corrigir” King Moro (vulgarmente conhecido como juiz Sérgio Fernando Moro), mas quando ele nos diz que “Ninguém está acima da Lei”, está esquecendo daqueles que fazem as Leis. Se bandidos fazem as Leis e têm suas atividades benefeciadas por elas, o Juiz perfeito que as aplica não está sendo nada mais do que conivente, mesmo sem querer. A resposta para corrupção não é Legal, e sim Moral, e é por isso que um “simples’ juiz infelizmente não poderá nos “salvar”. Para ser justo, King Moro nunca se colocou nesta posição de “salvador da pátria” e está perfeitamente consicente das limitações do seu cargo, mas é sempre bom ressaltar que a Lei é um subproduto marginal da cultura dominante de um povo; que fatores como tradições religiosas, ideologias e senso comum forjam as Leis, que não nascem em árvores. Falar em cumprir a Lei nos Estados Unidos não é o mesmo que falar em cumprir a Lei no Brasil, meus amigos. No primeiro caso assegura-se a liberdade individual, a pouca interferência do Governo e o direito à propriedade e prosperidade. No segundo, busca-se facilitações para o funcionamento de um Narco-Estado, acharcamento de empresários e trabalhadores com tributos e regulações, servilismo total e liberdade zero.

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s