Pronome de tratamento

Nota: Tenho o péssimo hábito de chamar todo mundo (do sexo feminino) de “meu amor” A simpática caixa do supermercado é “meu amor”, a atenciosa balconista da farmacia é “meu amor”, etc., etc. Portanto, se você é mulher e, súbito, recebeu um “meu amor” da minha parte, isto não quer dizer necessariamente que eu esteja flertando (um namorado pode ver “meu amor” na caixa de dialogos e interpretar mal…)

(Demo Danado) – O nome disso é carência. Just saying…

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s