O terror da impotência

Moro no mesmo bairro desde que nasci e JAMAIS tinha escutado gritos por socorro “ao vivo” Só nesta semana foram dois: uma mulher que fora esfaqueada na saída do mercado, numa tentativa de assalto. E um sujeito que teve o carro roubado na esquina da minha rua; saiu ensanguentado, vítima de uma coronhada na cabeça. Devo dizer: o grito por socorro é um dos mais aflitivos de se ouvir. Especialmente quando sua condição diante da cena é de completa impotência.

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s