Fama inútil

– Boa noite.
– Boa noite.
– Posso ajudá-lo?
– Sim. Gostaria de três camisas simples, pretas, por favor.
– Três do mesmo modelo e cor?
– Sim. Meu armário é que nem o da Turma da Mônica: só tem roupas iguais…
(Revira os olhos) – Ok, senhor. Qual o tamanho?
– “P”, p’r’os braços parecerem mais fortes.
(Revira os olhos de novo) – Aqui está, senhor. Desculpe, mas você não é aquele rapaz que escreve na Internet? Como é o nome mesmo… “Escritor de Timeline de Facebook”?
– Este mesmo.
– Que barato! Gosto muito dos seus posts… (finalmente abrindo um sorriso)
– Que bom! Terei desconto? (brincando, mas querendo falar sério)
– Não.

(Demo Danado) – Fama inútil…

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s