Genocídio planejado

Se uma criança (supostamente imigrante e supostamente morta em travessia) aparece em praias Europeias, a comoção é geral. E de fato a morte de uma criança é sempre comovente… A MENOS QUE SEJA UMA CRIANÇA SUA VIZINHA, AQUI NO BRASIL, E QUE NÃO ATENDA A QUESTÕES DE MILITANCIA COMO MULTICULTURALISMO E MUNDO SEM FRONTEIRAS. Por exemplo: TRINTA bebês foram mortos em três meses num Hospital Infantil do Espirito Santo, vitimas das péssimas condições das instalagens do local. Mofo, infiltrações, não coleta de lixo, etc., etc. Trinta bebês em apenas três meses, em apenas uma instituição, por insalubridade. Se somarmos todas as outras crianças que morreram no Brasil vitimas de um Sistema Unico de Saude Criminoso neste mesmo período, quão astronomica cifra nós teremos? E ainda querem legalizar o aborto, patrocinado com dinheiro publico, como um “direito garantido pelo Estado” Então vamos entender: o Estado pagará para as mães matarem os proprios filhos, e dos que nascem, ele não cuida, deixando morrer. Se eu fosse exagerado, chamaria isso de Genocidio planejado.

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s