Vandalismo cínico

Um “artista” famoso por pichar exposições de terceiros teve sua exposição pichada e se indignou: “Vandalismo!” Daí inferimos que a pichação dele depredando a obra dos outros é “arte”; já a pixação dos outros depredando a obra dele é “vandalismo” Ademais, este artista autodeclarado “satanista” reprova “perseguições religiosas”, enquanto ele mesmo persegue sistematicamente instituições cristãs pichando-as e depredando seu patrimônio. Daí vocês podem peguntar: “Miceli, quem daria atenção a um lixo pseudo-artistico auto-contraditorio e hipócrita como este?” Perguntem ao Instituto Goethe de Porto Alegre, Rio Grande do Sul.

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s