Non è una cosa seria

“O problema da África é sua herança Imperialista Branca Europeia”, dizem. E aí nos deparamos com o exemplo de Uganda. Apresentada ao Estado de Direito pelos colonos ingleses e fazendo parte de uma ordenada e próspera federação de reinos, após conseguir sua “independência”, o país se perdeu em inúmeros golpes de Estado, conflitos tribais e guerras civis que vitimaram milhares de ugandenses e extinguiram um sem número de minorias. Hoje, ocupando a lamentável posição de numero 163 no índice de desenvolvimento Humano, o presidente Yoweri Museveni compartilha conosco sua principal preocupação: Sexo Oral. “A boca é para comer, não para sexo”, leciona. E conclui que o melhor a se fazer – para o bem estar geral da nação – é CRIMINALIZAR esta prática “insalubre e vexatória”. Non è una cosa seria…

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s