Educação Ex Nihilo

– Professor Miceli.
– Pois não.
– Os alunos estão reclamando que o senhor manda decorar solilóquios inteiros de Shakespeare para recitá-los em sala de aula, isto é verdade?
– Sim.
– Mas este método de aprendizado por repetição é totalmente inadequado! Coisa do passado! Os alunos têm de exercitar sua criatividade; construir o conhecimento!
– Com todo respeito, senhora diretora, Creatio ex nihilo é prerrogativa de D’us.
– Como?
(Demo Danado) – Burra demais…
– O aluno não é capaz de criar a partir do nada; é preciso que ele tenha matéria sedimentada o suficiente, aprender as formas excelentes, para só então articular sua própria linguagem, na medida de sua capacidade individual…
– Mas os alunos tem de se divertir aprendendo!
– Negativo. Atenção fácil, comprada com entretenimento, não é atenção. A verdadeira concentração está em focar em objetos por vontade própria, contra todo o enfado e desinteresse. A vontade do aluno deve ser treinada para suplantar todos estes obstáculos.
– Mas o senhor está sendo muito severo!
– As exigências de uma ocupação profissional serão muito mais severas, acredite. E seria prudente prepará-los.
(Pegando-me pelo braço e me levando para o canto da sala) – Veja bem, professor Miceli: se os alunos estão infelizes, os pais estão infelizes. Se os pais estão infelizes, eles tiram os alunos da escola. Se os pais tiram os alunos da escola, a escola vai à falência. Se a escola vai a falência, você é demitido. O senhor está entendendo?
– Perfeitamente.
– Então bota esses meninos pra rabiscar desenhos coloridos em folhas em branco, pra construir árvores de papelão… faz qualquer coisa! Menos Educação! Está me entendendo?
– Sim.
– Ótimo.

(15 minutos depois)

(Teosbaldo) – “A morte, este lugar desconhecido do qual nenhum viajante jamais retornou…”
– Suspenda a recitação, Teosbaldo… (entrando na sala com um toca fitas no ombro e calça baixa) Vamos aprender A RIQUEZA CULTURAL DO HIP HOP E O USO DO GRAFITE COMO EXPRESSÃO ARTISTICA NA PAREDE DOS SEUS VIZINHOS
(Algazarra) Ebaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa! Que barato! Posso tacar pedra no vidro também? Professor Miceli é o melhor! (celeuma em fade out)

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s