Ridículo impresso na alma

Aquele coração imenso na parede rosa do quarto de motel improvisado em plena cadeia de Benfica nos mostra definitivamente que “favelado” não é uma questão economica/social; – é um estado de espírito. Os responsáveis são presos do colarinho branco; milionários a maior parte da vida, mas com um gosto para o horroroso e para o ridículo impresso na alma.

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s