Exército de inimputáveis

O estatuto da criança e do adolescente (ECA) forneceu aos marginais uma mão de obra inimputável: podem furtar, roubar, matar, traficar, que sendo menor de 18 anos, logo voltam às ruas (isto quando chegam a ser “detidos” em “estabelecimento educacionais”) Como se não bastasse esta legião de empregados baratos (meninos traficam por 20 reais) que não podem ser presos, agora os traficantes ganham uma nova força de trabalho: Gestantes e lactantes ou mães com filhos até 12 anos de idade. Isto porque o Supremo Tribunal Federal (STF) – sempre ele – determinou que esta estirpe privilegiada da sociedade NÃO PODE SER PRESA, ou melhor, poderá ser “condenada” apenas à prisão domiciliar. Então nós teremos mamães contraventoras em liberdade, em casa, pondo seus filhos de 12 anos para vender trouxinhas de maconha na esquina. E como o STF determinou que HOMENS TRANS fossem remanejados a presídios femininos para “atender sua identidade de gênero”, quantas mulheres não aproveitarão para engravidar na prisão e ganharem o benefício de cumprir a “pena” em casa? O Estado brasileiro está criando um exército de inimputáveis para servir ao trafico – o Estado brasileiro alimenta e protege o trafico – o Estado brasileiro é um Narco-Estado.

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s