Estufa política sufocante

O brasileiro sai à rua e ouve rumores de assalto e arrastão, isto quando não presencia um. Abre o jornal ou liga a TV, e mais noticias de assalto (corrupção inclusa), violência e morte. Vai assistir a um desfile de escola de samba na data que é para ser “a mais festiva do país,” e encontra mais “denúncia” de violência, corrupção e morte. A escola de samba vencedora é aquela que “denuncia mais”. A música boa é aquela que “denuncia mais”. O filme bom é aquele que “denuncia mais”. Quando desfrutaremos de uma arte que não seja “denuncia” ou “propaganda” – que não trate de neurotizar e alimentar a sensação de conflito constante? Só eu estou me sentindo sufocado por essa estufa política paranoica? Seria bom darmos importância a artistas de verdade que consigam transcender todo este monte de lixo e nos dar um pouco de ar para respirar.

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s