O poder das armas

Dizem por aí que o domínio do tráfico de drogas sobre certas regiões do Brasil é um “Estado dentro do Estado” – Um Estado “informal”, sobre o qual o Estado “Formal” não tem nenhuma autoridade e nenhum poder. Mas o fato é: Formal ou Informal, aquele que possui armas, possui tudo.

Muito se fala da opressão Estatal “legal” através de impostos, taxas, regulações – o diabo. E há quem diga até que o banditismo é uma “insurgência necessária” contra o “sistema repugnante”. Mas e quando o banditismo chega ao “poder” nas comunidades? Bom, aí ele cobra taxas para que moradores não sejam assaltados; para que empresas não tenham cargas roubadas e seus depósitos saqueados, etc., etc. No Rio de Janeiro, por exemplo, se você é um empresário e não quer ter suas cargas roubadas, poderá ter de pagar até 10 mil reais por mês. Sim, você paga suas taxas e impostos ao governo “formal”, e paga suas taxas e “impostos” ao governo “informal’, também.

Mas a questão fundamental é esta: quem está armado dita as regras. O Estado, por estar armado, dita as regras. O Estado dentro do Estado (Tráfico), por estar armado, dita as regras onde domina. E os cidadãos, por estarem desarmados, são roubados pelo Estado, roubados pelos bandidos, e só podem reclamar no Facebook.

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s