La nuit de L’homme

É curioso ver mulheres que militaram a vida inteira pela “desmasculinização” do Homem ocidental agora estarem optando por homens Árabes justamente por serem “Homens de verdade” Aqui no RJ há um fenômeno crescente de árabes vindos da Argélia, Marrocos e outros países africanos ou do Oriente Médio, ocupando todos os espaços e “tomando” todas as mulheres para si. Uma delas me explicou seus motivos:

– Então, Miceli, é por isso que eu escolhi o meu Árabe… Ele não tem esse negocio de discutir relação, sabe? É do jeito dele e pronto… facilita as coisas (tira um cigarro da bolsa. Acende) Ele tem a palavra final… (fuma, soprando a fumaça) Ele sabe “me pegar de jeito”, – como dizem – sabe? Mãos firmes… Manda eu calar a boca quando tem que mandar… É isso que eu quero num homem! Firmeza! Segurança!
– Compreendo… (anotando e aprendendo)
– Outro dia eu sai com um rapaz carioca…. Bonitinho até. Mas, assim, todo depilado…
– …
– Sobrancelha feita… E ele começou a falar de depilação, de onde depilava, quais as melhores clinicas… argh, achei tão brochante…
– …
– E depois falou de alimentação saudável… exercícios fisicos…Roupas de grife… Até perfumes! “Só uso La Nuit de L’homme”..
– …
– Eu quase falei: “Garoto, se eu quisesse falar de estética e moda, eu chamava uma amiga, né? Pelo amor de Deus!” Você entende, Miceli?
– Perfeitamente.
– E mais: tinha rosto de criança… Sabe quando colam a cabeça de uma criança num corpo de Homem?
– Nunca testemunhei um caso desses…
– Você entendeu! (dá um risinho e um tapa no meu ombro) Rosto de criança, voz de criança, assuntos de criança… Só o corpo era de Homem! E depilado!
– …Parece grave (anotando)
– Bom, eu gosto disso: atitude, “pegada”, segurança… Hoje tudo é “assédio”, “agressão”, “opressão” os homens ficaram embotados, coitadinhos! Eu até entendo: você dá uma cantada e é acusado de “assédio”,pega pelo braço é acusado de “agressão”… Eu hein! O meu árabe me vira pelo avesso!
– …
– Bom, é isso. Tenho que ir, Miceli… (arrumando a bolsa) Se meu árabe me vir aqui, falando sozinha com um Homem, vai me chamar a atenção!
– Não quero ser motivo de desavenças…
– Claro que não! Ele acha que homens sempre querem alguma coisa a mais… é mole?
(Eu, de fato, achara o colo da mulher muito interessante) – Besteira…
– Besteira! Onde já se viu? Mas ele acha, deixa ele… Sâo os costumes, os costumes!
– Os costumes… (levantando da mesa e estendendo a mão para cumprimentá-la)
– Ah, também não precisa ser tão assim… Ele não está aqui, né? A gente pode dar uns dois beijinhos para se despedir…
– …
– Aliás, eu estou de carro, você quer uma carona?

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s