Megalomania onírica

“Tudo o que está no plano da Realidade foi sonho um dia” Ou seja, um dia sonharam com uma árvore e ela nasceu. E assim com uma pedra, um elefante, o sol, a lua, as estrelas etc., etc.

A verdade é o oposto: nós sonhamos com coisas que existem ou com misturas de abstrações de coisas que existem, formando assim o nosso próprio mundo onírico. Sem a Realidade nós não imaginaríamos, não pensaríamos, nem faríamos coisa nenhuma. Antes que o Homem possa “interferir” no mundo, é preciso que haja um Mundo. O “sonho” tem sido muito superestimado ultimamente…

Aliás, é como diria Paul Éluard: “Até existem ‘outros mundos’… Mas estão todos dentro deste”

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s