LGBTTTQQFAGPBDSM

Até a década de 70, não existia sequer o termo “gay” (não com conotação sexual) Dezoito anos depois, em 1988, surgia o termo “LGBT” – Lésbicas, gays, bissexuais e travestis. Atualmente, testemunhamos a evolução da sigla para “LGBTTTQQFAGPBDSM” – Lésbicas, gays, bissexuais, travestis, transgêneros, transexuais, queer, questionadores, flexíveis, assexuais, poliamor, escravidão/disciplina, dominação/submissão e sadismo/masoquismo. E há quem queira adicionar um “P” de pedofilia, um “Z” de zoofilia, e um “N” de necrofilia. Está bom para vocês, ou querem mais?

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s