Engolindo um camelo

Nossas meninas estão sendo ensinadas a problematizar toda e qualquer espécie de cantada, enquanto são convencidas de que compartilhar banheiros com um HOMEM, desde que esteja vestido de mulher, é completamente inofensivo e natural. Isto é o que Cristo chamaria de “coar um mosquito e engolir um Camelo”; preocupar-se com o fútil enquanto o escandaloso passa desapercebido, sem nenhuma resistência.

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s