O bom anfitrião

Hoje em dia a hospitalidade está em baixa: ninguém quer levar desaforo para casa. Digo isso porque um passeio recente quase terminou na delegacia, graças a um amigo combativo que se meteu numa altercação. “Miceli, eu não levo desaforo para casa”, explicou. E até aí tudo bem. O problema é que o outro rapaz também não levava, e o desaforo ficou ali, desamparado, transmutando-se numa confusão dos diabos, de murros e pontapés. É claro que saí pela tangente…

Mas o fato é que, diferentemente da maioria das pessoas que conheço, não tenho nenhum problema com o desaforo. Meus desafetos são pródigos em ofensas, e eu tenho sempre uma xícara de chá ou café para servir a todas elas. Ontem mesmo eu recebi o casal aqui na minha casa:

(Desaforo) – Você primeiro, querida.
(Ofensa) – Sim.
– Por favor…
(Desaforo) – Para um péssimo escritor, até que sua casa é minimamente decente.
– Obrigado.
(Ofensa) – Imagino que não tenha nada para servir, já que é pobre.
– Os senhores preferem Chá ou café?
(Desaforo e Ofensa se entreolham, surpreendidos) – Chá para minha querida Ofensa, e café para mim, por favor.
– Certo.

Isso foi no fim de tarde. E pasmem: só saíram daqui lá pelas onze horas da noite. Fizeram-me afrontas terríveis! “Escritor que não escreve livros”, “Fala em belas donzelas para mascarar sua homossexualidade”, “é de Direita porque é descendente de Italianos; da Itália fascista”, etc., etc. O Demo (o danado), ao fundo, concordava com tudo, meneando a cabeça. E eu servi uns pães de queijo, porque dizem que praguejar dá fome.
No dia seguinte, encontrei este meu amigo que tomou uns sopapos e estava com um dos olhos roxo:

– Miceli, você é um péssimo amigo… Só é brabo escrevendo! Quando o pau cantou, você foi o primeiro a correr!
– Lamento. Tive de preparar a mesa para meus convidados, não poderia deixá-los esperando.
– Convidados? Que convidados?
– Preferi levar o desaforo para casa

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s