Referência jurídica nacional

Em uma discussão acalorada entre dois ministros do Supremo Tribunal Federal, você esperaria ouvir referências a juristas consagrados, a filósofos do Direito, ou até mesmo a grandes autores que se debruçaram insistentemente sobre o tema (como William Shakespeare) Mas não. Entre farpas e acusações baixas, cita-se CHICO BUARQUE DE HOLLANDA. “Se vossa excelência ouvisse CHICO BUARQUE, saberia que… etc., etc.” É de cair pra trás.

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s