Questões contemporâneas VIII

Jihadistas Islãmicos utilizam o atropelamento em massa como arma para o terror há décadas no enfrentamento de Israel, e têm utilizado esta mesma arma sistematicamente na Europa e agora nos EUA. Com base nesta afirmativa, como você, sendo um redator de jornal, redigiria a manchete de um atentado deste tipo?

a) Terrorista Islãmico promove atropelamento coletivo. Suspeita-se do envolvimento de grupos como Estado Islãmico, Hamas, Hezbolah ou Boko Haram.
b) Veículo provoca incidente em atropelamento. Suspeita-se do envolvimento de grupos como Ford, Chevrolet, Citroen, Peugeot e Renault.
c) Letra a e b estão corretas.
d) Letra a e b estão incorretas.

Gabarito: Letra b.
Justificativa: Mesmo quando o sujeito é declaradamente muçulmano e vem de regiões hostis ao ocidente, e mesmo quando grita “Allahu Akbar” durante o atentado, é precipitado considerar que um carro que entre numa via de pedestres matando o máximo de pessoas possível até ser alvejado por policiais seja um ato de “terrorismo”, quanto mais “terrorismo Islãmico” Veículos, assim como armas, matam pessoas. Pessoas não matam pessoas. Muçulmanos jamais matariam pessoas. Já empresas como Ford, Chevrolet, Citroen, Peugeot e Renault são multinacionais poderosíssimas que representam o grande Capital, o capitalismo, e consequentemente a exploração Humana. São, em última análise, sempre suspeitos.

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s