Os mistérios do ateísmo

Quando um padre é acusado de abuso sexual, os ateístas militantes já pulam para as conclusões, condenam-no prontamente e divulgam a notícia repletos de júbilo, dizendo se tratar de uma “prova da perversidade do obscurantismo religioso” Mas quando Neil deGrasse Tyson – o “Papa” dos ateus cientificistas progressistas do momento – é acusado de estupro, aí magicamente este “denuncismo” torna-se silêncio condescendente: ninguém ouviu falar, ninguém sabe quem foi. O ateísmo, meus amigos, também tem os seus mistérios…

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s