Rei sol

– O que você está lendo?
– Como?
– O que você está lendo; que livro é esse aí, na sua mão?
– Storia della filosofia antica, de Giovanni Reale.
– É gringo?
– Não.
– Mas o livro é…
– Parece que sim.
– Hum… me diga uma coisa: Por que você não aplaudiu o pôr do sol?
– Não entendi.
– Você sabe: aqui no Arpoador, no Rio de Janeiro, sempre que o sol se põe, nós aplaudimos…
– Desculpe, meu amigo. Estava distraído com a leitura (sorriso amarelo) Não acho que o sol vá se ofender e.
– Você deveria ter mais respeito com o Rei sol!
– …
– Ele nasce e se põe todos os dias para nós!
– Que sorte a nossa…
– Não zombe!
– Veja bem, amigo.
– Veja bem você! Não seja um alienado!
– …
– Quem sobe nas pedras do arpoador, não fuma maconha e não aplaude o pôr do sol, bom sujeito não é!

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s