Maravilhas da democratização

Vou explicar para vocês o que é “democratização”; ao menos em seu uso corrente no Brasil:

Uma pessoa tem 100.000 reais e portanto é capaz de abrir um estabelecimento e gerar empregos, talvez empregando duas ou três pessoas que ganhariam seus 1.500 reais mensais. Teríamos, então, uma pessoa próspera e outras três com alguma condição digna de vida.

O problema é que existem 100.000 pessoas que nada tem… E não é justo que uma pessoa tenha 100,000 reais enquanto outras 100.000 nada tem, certo? A ideia brilhante, então, é DEMOCRATIZAR este valor, fazendo dele um JUSTO USO SOCIAL.

Os 100.000 reais são retirados do proprietário original através de tributação ou até mesmo confisco (Roubo?) e divididos entre as 100.000 pessoas que nada tem. Como resultado, cada um fica com a magnífica quantia de UM real, NINGUÉM TENDO MEIOS DE AÇÃO PARA ABSOLUTAMENTE NADA E TODOS NA MISÉRIA.

Então saímos de um cenário de uma empresa aberta com um patrão e três funcionários, para 100 mil miseráveis. Não é demais?

Moral da estória: Democratização é uma palavra nova para o mau e velho Comunismo.

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s