Indireta infeliz

Miguel Falabella nos diz que “a sociedade muda”; que os “pioneiros denunciam preconceitos e conquistam direitos, quebrando tabus” enquanto “reprimidos e recalcados oferecem resistência, sendo intolerantes e ficando para trás” Diz isso num momento em que cresce a resistência oferecida a ideologias nefastas como a de “gênero” e a já insinuada “desmistificação da pedofilia”, talvez numa referencia “indireta”. Ele termina o pensamento “iluminado” do dia nos dizendo que “pássaros criados em gaiolas pensam que voar é uma doença” Pois bem. Mutilar o próprio corpo por um transtorno de personalidade não é voar; há quem diga que é doença. E Pedofilia não é voar nem é doença: é crime.

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s