Legitimando o preconceito racial

Sob o “ideal” de extinguir o “racismo institucionalizado”, criaram um sistema de cotas baseado na cor do cidadão, exigindo inclusive um tribunal que julgue a cor do candidato para que se evite “fraudes”. Ou seja, para evitar que “um sujeito seja julgado pela cor”, criam cotas baseadas na cor do sujeito, e um tribunal racial para legitimar este “direito”.

(Demo Danado) – Perfeito. É assim mesmo que se faz.

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s