Atendendo a pedidos

Nunca entendi bem o nexo causal entre uma coisa e outra, mas sempre que escrevo um texto – especialmente se tiver mais do que cinco parágrafos – surge a mensagem: “Quero ver é carregar um saco de cimento nas costas!” Tanto falaram que um belo dia fui a uma obra aqui do lado, com o celular na mão. Cheguei para o Pedreiro e perguntei: “Moço, posso carregar um saco de cimento nas costas?” O rapaz não entendeu e eu especifiquei: “Daqui até ali, só” E pedi também para que filmasse. Agora, sempre que dizem “quero ver é carregar um saco de cimento nas costas” quando posto textos longos, eu mando esse vídeo.

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s