Violência simbólica

O Imperador do mundo inteiro (e quiçá do universo), Donald J. Trump, realizou o desejo de um jovem empreendedor de apenas 10 anos que escreveu para o Presidente americano oferecendo-lhe os serviços de cortador de grama. O jovem Frank disse em carta que admirava o empreendedorismo do presidente, e que queria mostrar que era ele também um bom empreendedor. Disse que faria um belo serviço nos jardins da casa branca, e que faria isso de graça, para mostrar “o que crianças jovens, como ele, podem fazer em beneficio do país.”

Ocorreu então que Donald aceitou graciosamente os serviços do pequeno, e ainda despendeu boas horas divertidas com o garoto, que cuidou do jardim da Casa mais famosa do planeta como que cuidasse do próprio quintal. Tudo muito lúdico, o momento era idílico e borboletas voavam, até que surgem eles… os “PROGRESSISTAS”. Mais especificamente, os “JUSTICEIROS SOCIAIS”. “Clicaram” o presidente “COLOCANDO O GAROTO – MENOR DE IDADE – PARA TRABALHAR”. “EXPLORANDO, COMO BOM CAPITALISTA QUE É, O TRABALHO INFANTIL”. “TRANSGREDINDO LEIS DE IDADE MINIMA PARA O TRABALHO.”

Aí eu pergunto a vocês: se este mesmo garoto estivesse com uma metralhadora na mão, fumando um baseado e ouvindo Funk carioca, o que estes mesmos “progressistas”; “justiceiros sociais” diriam? Isto mesmo: “O menor está apenas expressando a sua realidade social e qualquer retaliação seria uma violência simbólica”

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s