Simples auto-afirmação pessoal

“Advogado branco se inscreve em concurso como negro e é aprovado através do sistema de cotas. Candidato será nomeado analista no Tribunal regional eleitoral” Se forem processá-lo por falsidade ideológica e ele disser que é um negro “preso” no corpo de uma pessoa branca, o que acontece? Eu aprendi na novela das oito e no material didático do MEC que características biológicas e fenotípicas não contam em nada nestes casos; basta uma simples auto-afirmação pessoal.

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s