Dissonância cognitiva

Apontaram corretamente a contradição que há entre a exigência de vagões específicos para mulheres no metrô e até mesmo serviços como Uber exclusivos para mulheres, com a exigência desta mesma militância por banheiros públicos “Unissex”; teoricamente visando a igualdade total entre os sexos. As demandas são contraditórias, sim, exigindo ora “Mistura”, ora “separação”, ora “igualdade”, ora “diferenciação”, mas ao contrario do que se pensa, isto não se reduz a uma mera debilidade mental ou simples incapacidade logica, e sim uma técnica psicológica baseada no conceito de dissonância cognitiva, desenvolvido por Leon Festinger.

O método é muito simples: oferecer à pessoa estímulos contraditórios de modo que ela viva em permanente condição de conflito interior, uma “dissonância” insuportável que o individuo tenta compensar se dobrando a qualquer novo elemento que venha a “estabilizar” este conflito. Outro exemplo cabal desta tecnica sendo utilizada é o estimulo constante à “liberdade sexual” através de cartilhas escolares, música, filmes, novelas, ao mesmo tempo que se transforma qualquer flerte em “cultura de estupro”, qualquer cantada em “estupro em potencial”. A erotização está em todo lugar, e o policiamento histérico do comportamento também.

Toda esta engenharia social cria uma horda de pessoas desorientadas em profundo sofrimento interior, que tendem a se dobrar a qualquer imperativo exterior de ordem que consiga reduzir esta dissonância e, em ultima análise, a diga como proceder. Daí as pessoas se dobrarem tão facilmente ao politicamente correto: o manual de instruções do Homem Moderno. Ademais, o desespero advindo desse conflito constante faz com que um numero crescente de pessoas desista completamente de uma orientação moral razoável e se entregue à alienação completa através de drogas lícitas, ilícitas, ou qualquer outra fuga da realidade experimentável.

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s