Sacerdócio progressista

Há bispos e padres, fiéis representantes da fé católica no Brasil. Alguns, inclusive, de considerável cultura. Para citar um exemplo talvez pouco conhecido, Padre Paulo Ricardo. No entanto, os que são convidados para programas “prestigiados” de TV, de grande audiência e de alcance nacional, são justamente aqueles que mais se distanciam da doutrina católica original; os chamados “ecumenistas”, os padres “pra frente”, que quase pedem desculpas pelo próprio sacerdócio e se prostituem de todas as formas possíveis e imagináveis aos novos cânones da Nova Ordem Mundial e sua famigerada Cartilha de “Direitos Humanos”. Não citarei nomes destes últimos para não ser deselegante…

(Demo Danado) – Eu gosto do Padre Fábio de Melo…

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s