Cultura destrutiva

Quando um professor ensina a um aluno que ele deve se rebelar contra as “autoridades constituídas”, contra o dito “aparelho repressor”, não lhe ocorre que ele mesmo, o professor, possa terminar sendo visto como a “autoridade constituída” a ser derrubada, ou o “aparelho repressor” a ser destruído. A cultura de sublevação gera apenas a destruição, não disto ou daquilo, mas de tudo, e é impossível o verdadeiro ensino sem que haja confiança e obediência do educando para com o educador.

Publicado por

O Lenho Verde

"Aquele que fala por si mesmo está buscando o seu próprio prestígio. Mas quem busca o prestígio daquele que o enviou é verdadeiro, e nele não há falsidade."

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s